segunda-feira, 8 de maio de 2017

MALDITO CIGARRO







 Chegada na 88ª São Silvestre em 31/12/2012







-- 

"QUANTA GENTE QUE RI TALVEZ CONSIGO, TRAZ UM ATROZ, ATÉ ENTÃO RECÔNDITO INIMIGO, MAS QUE NA VERDADE É UMA TERRÍVEL CHAGA CANCEROSA" (Adaptado do Soneto Mal Secreto, de Raimundo Correa). 

Quando comecei a escrever a história de minha vida, que na verdade reescrevi ao tomar a decisão de "Parar de Beber", foquei apenas nessa parte, dado a importância que ela representava naquele momento. 

Jamais podia imaginar que o CIGARRO, que havia deixado de fazer uso, naquela ocasião já há mais  04 anos, viria ser o VILÃO de minha vida. 

No último dia 28/04/2017, dia do meu aniversário de 73 anos, infelizmente tive que conviver com esses dois fatos extremamente contraditórios. De um lado, recebi centenas de  mensagens me parabenizando, elogiando minha saúde e, sobretudo, me enaltecendo pela excelente decisão que tomei de abandonar o vício do álcool, me tornar um corredor e adepto, incentivador, motivador, etc, no sentido de se fazer atividades físicas, máxime por pessoas da terceira idade. 

De outro lado, tive a confirmação dos médicos, de que sou portador de um câncer de boca, localizado na base da língua, causado sem sobra de dúvidas pelo uso do cigarro, hábito que cultivei por mais de 40 anos. Em alguns de meus escritos, sobre o fato de ter deixado de beber, citei o cigarro de forma simplória, com frase como essa: "fumava para beber e bebia para fumar". Pois bem: o CIGARRO veio cobrar a conta. 

Aí estou eu! Essa alegria que adquiri com a prática de corrida de rua, estampada nas fotos acima, eu vou "brigar" por mantê-la! Assim como na prática de atividades físicas, que se a pessoa não quiser realmente não consegue fazer, bem assim é o tratamento que vou me submeter nos próximos dias: se eu não me esforçar, não aguentar o sofrimento, perseverar, lutar, etc. não adianta o esforço da família, dos amigos, dos médicos!  Enfim, depende muito de mim e eu vou lutar... Será minha primeira maratona. Cada dia de tratamento, será como um km percorrido. São 33 dias úteis que terei de superar para atingir e cruzar a linha de chegada! 

Assim, o que peço aos amigos corredores de rua, que conheço pessoalmente ou não: e a todos que de uma forma ou de outra desejam o meu restabelecimento, REZEM POR MIM! para me dar força! Sou católico e Devoto da Mãe Aparecida, do Senhor do Bonfim, de Nossa Senhora de Fátima, de Santa Rita de Cássia e todos os santos que me protegem. Neste momento preciso de orações!!!

Este blog foi criado apenas para relatar minhas corridas oficiais. No entanto, dado a gravidade de meu caso, estou postando aqui este texto, para conhecimento de meus amigos corredores de rua. 

Muito obrigado a todos. 

 Até breve....

sexta-feira, 17 de março de 2017

XXXVII CORRIDA DO ITAIGARA






Exibindo DSC_0300.jpg




Por ser uma corrida realizada no bairro onde moro, inclusive passando na frente do meu prédio, faço questão de participar. 

XXXVII Corrida do Itaigara abriu o circuito de corridas da Associação dos Veteranos de Atletismo da Bahia – AVAB, contando com o apoio da Federação Bahiana de Atletismo, do Esquadrão Águia da Polícia Militar e da Prefeitura Municipal do Salvador.


O percurso é de cerca de 9.2km, com largada na frente do Parque da Cidade, seguindo em direção pela Av. ACM no sentido da orla, retornando no semáforo antes do Posto dos Namorados, seguindo  no sentido inverso da Av. ACM, passando em frente ao Shopping Itaigara, passando novamente em frente ao Parque da Cidade, seguindo pela Av. ACM no sentido do Shopping Iguatemi, entrando na Av. Paulo VI no Hiper Posto (1ª ladeira), seguindo pela Rua Edite Mendes da Gama e Abreu, retornando à esquerda (Rua das Hortências) e esquerda na Rua das Dálias, seguindo pela Rua Guillard Muniz até a esquina da Rua das Angélicas, entrando à direita, contornando a praça local, seguindo até entrar à direita na esquina da Rua Alexandre Humboldt, seguindo até a esquina da Fundação Baiana de Cardiologia, virando à direita, Rua das Hortênsias, contornando no primeiro retorno da Praça Ana Lúcia Magalhães, seguindo pela Rua Padre Manoel Barbosa, seguindo pela Rua Florentino Silva, seguindo pela Rua General Antônio Sampaio, entrando na primeira à direita Rua Érico Veríssimo, Rua Silvio Valente (em frente à SDU) Av. ACM, (pista lateral em frente ao Shopping Itaigara) entrando na esquina da Rua Reitor Macedo Costa, chegada defronte Empresarial Itaigara.

Esta foi a minha 75ª corrida oficial e 2ª do ano. Fiz o tempo de 01:05:54 e obtive a 191ª classificação no geral masculino e 4ª na minha categoria (70/74). Conquistei mais duas medalhas, sendo uma de participação e outra diferenciada pelo 4º lugar na categoria, perfazendo agora um total de 80 medalhas.

Exibindo foto.JPG 


Medalhas de participação e diferenciada pelo 4º lugar na categoria 70/74 anos. 

XXXVII CORRIDA DO ITAIGARA 
REALIZAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE VETERANOS DE ATLETISMO DA BAHIA 
SALVADOR 12 DE MARÇO DE 2017 - 
PERCURSO 9,2 KM 
BOLETIM OFICIAL DE RESULTADOS 

CLASSIFICACAO GERAL POR CATEGORIA SEM PREMIAÇÃO

Categoria: VETERANO 70

Class. Cod. Nome do Atleta Sexo Nascimento Idade Tempo Equipe 
1          187 TELES BACELAR M 26/11/1947    70     00:46:27 
2          327 GERVASIO RIBEIRO CEZAR M 28/10/1946 71 00:50:05 
3            77 FLORISVALDO ANUNCIA‡AO DE LIMA M 15/11/1947 70 00:56:10 AVAB 
4          208 JOSE AMANCIO NETO M 28/04/1944 73 01:05:54 FREE RUNNERS


Class. Cod. Nome do Atleta Categoria Nascimento Idade Tempo Equipe 
191  208 JOSE AMANCIO NETO VETERANO 70 28/04/1944 73 01:05:54 FREE RUNNERS 

Considerando as dificuldades do trecho, que conta com três ladeiras razoavelmente difíceis,  meu desempenho foi satisfatório e ficou dentro de minha expectativa, mesmo porque esta corrida conta com a participação dos corredores veteranos da cidade e eles são "féras", conforme se pode constatar pelos tempos dos dois primeiros classificados em minha categoria (Veterano 70). A considerar pela idade do ano de nascimento, entretanto, eu sou o mais velho dos quatro. 

Como o local da largada fica próximo a minha casa, menos de 2 km, resolvi ir andando e também aproveitei para fazer logo meu aquecimento. 

Ao chegar, já encontrei alguns amigos, com os quais tirei as primeiras fotos.

Exibindo image.jpeg

Jaime Ribeiro
Exibindo image.jpeg

Ademir, Alzira...

Exibindo image.jpeg


Casal Augusto Cezar e Joselice
Exibindo image.jpeg


Prof. Og Robson, Presidente da FBA e José Barros Amorim
Exibindo image.jpeg

Exibindo image.jpeg


Exibindo image.jpeg


Renato Maia
Exibindo image.jpeg


Ricardo e Léo Cunha
Exibindo image.jpeg

Antônio Menezes e Antônio Fraga
Exibindo image.jpeg


Irmãos Cissa e Bernardo

Exibindo image.jpeg


Família Peleteiro: Genilde, Roberta e Rebeca

Larguei  no meio das "féras" e só via "neguinho" passar por mim "voando". Mantive minha estratégia de sair em ritmo moderado e somente depois do 2º km deixei de ser ultrapassado. A esta altura, meu pace girava em torno de 7:15 o km. 



No 5º km, na altura do Hiper Posto, meu tempo era de 34m30s. Aí veio a ladeira, na qual costumo passar com frequência de carro e mais uma vez constatei como ela é difícil para subir correndo.

É nestas horas que a gente constata como é importante treinar em rampas. Tinha acabado de passar pelo primeiro posto de hidratação e estava bem, mas mesmo assim não foi fácil. De qualquer forma, consegui subir sem parar para andar e ainda ultrapassei um concorrente!

Veio então a descida até a praça onde resido. Desta vez minha neta Marina e meu neto Guilherme estavam me esperando e ela fez esta foto e o vídeo abaixo. Maravilha! 

Marina

Exibindo image.jpeg



video
Feito o contorno da praça, minha esposa Graciene Amâncio e a amiga Ivoneide estavam me aguardando na frente da Farmácia Drogaria da Gente e aproveitaram para me incentivar. Logo depois da Agência do Bradesco dobrei à direita pela rua das Angélicas e começou então a subida. Esta começa leve, mas no meio tem uma rampa de uns 200 metros. 

Atingi então os 7 km, com o tempo de 49m30s. Estava bom, mas cheguei à conclusão que não ía baixar meu tempo, para uma média inferior a 7:20 o km e ainda havia uma ladeirinha de uns 150m na rua Antônio Sampaio, que enfrentei já bem cansado. 

No início da rua Érico Veríssimo recebi a companhia do amigo Bernardo, que correu me apoiando por um bom tempo. Daí em diante não havia mais ladeiras. 

Cheguei bem. 


Recebi a medalha e o kit e fui encontrar com os amigos para a merecida confraternização e fotos.




Exibindo image.jpeg


Exibindo image.jpeg

José Arnaldo
Exibindo image.jpeg



Exibindo image.jpeg

Antônio e Ariston, vencedor da categoria 75/79
Exibindo image.jpeg
Prof. Og Robson e Rita, preparando a premiação

Exibindo image.jpeg


José Barros Amorim, vencedor da categoria 80 anos acima

Exibindo image.jpeg

Pódio da categoria 75/79.
Exibindo image.jpeg


Exibindo foto.PNG

Podio da categoria 70/74 anos
Exibindo image.jpeg
Mais duas medalhas conquistadas.

Até breve.....


segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

CORRIDA SAGRADA 2017



Subindo a Colina Sagrada, com as bençãos do Senhor do Bonfim! (foto Olho no Atleta)




Cruzando o tapete da chegada (fotos, cortesia da amiga Lucyana Hoisel)



Esta foi minha oitava participação consecutiva nesse evento maravilhoso, que abre o calendário de corridas desta cidade de Salvador, Bahia.  Conquistei minha 78º medalha, sendo esta minha 74ª corrida oficial. 

"O ponto marcante da prova é o excelente clima festivo entre os participantes, amantes da corrida de rua e outros corredores que se reencontram na manhã do dia da corrida, após as festividades do final de cada ano".




 Januário Megale


 Cristiane Silveira



 Bello
 Ultramaratonista e escritor, Ney Caíres
Maratonista Marily dos Santos, campeã da prova
Cenário da festa



 Casal Cleber e Camila
 Amigo Antônio Menezes
 Carlos Alberto, campeão da categoria 70/74 anos
 Ademir Urbano e Alzira Mendes
 Amiga Roseane e esposo
 Gessi Lima e Fabiano Valente
 Lucas Andrade



 Cristiane, Laryssa, Roberto da Encarnação, Carlos Henrique..
 Ultramaratonista amigo, Roberto Ribeiro da Encarnação
 Pedro Bueno
Antônio Alves
"A Corrida Sagrada é uma das provas mais procuradas pelos corredores baianos e já virou uma tradição a participação muitos adeptos da corrida de rua, que reiniciam suas atividades nas corridas nesse dia.
A prova é realizada momentos antes do início da festa da famosa Lavagem do Bonfim que se inicia em frente à Igreja da Conceição da Praia. 
O percurso é o mesmo da caminhada da Lavagem do Bonfim, saindo em frente à Igreja da Conceição da Praia, seguindo pelas ruas do Comércio e da Cidade Baixa, chegando em frente à Igreja do Bonfim, na Colina Sagrada, totalizando cerca de 6,4km".
Após o acidente que sofri no dia 27/08/2016, quando desloquei e fraturei o ombro esquerdo, esta foi a primeira corrida oficial que participei. Apesar de ter treinado, não tinha nenhuma pretensão de fazer tempo para superar meu RP, ou seja, abaixo de 40 minutos. Assim, me propus a apenas fazer todo o percurso correndo e, se possível, abaixo de 45 minutos.

Com efeito, sem muito esforço, consegui um tempo razoável, conforme dados oficiais da FBA, transcritos abaixo.


Classificação Geral (301/603)
Col Num Nome Categoria Vts Tempo Diferença Km/h Cidade Relatorio de Classificacao Geral cidade todas Patrocinador
301º 803 JOSÉ AMÂNCIO NETO VETERANO 70/74 MAS1 00:43:14 00:23:54 9,44 SALVADOR.../BA FREE RUNNERS

Classificação por Faixa Etária
Categoria : VETERANO 70/74 MAS
Col Num Nome Vts Tempo Difer Km/h Patrocinador

1º 797 CARLOS ALBERTO BARBOSA SINTRACOM DOS SANTOS 1 00:32:48 00:00:00 12,00 SALVADOR.../BA 
2º 801 AGNALDO PERCILIANO DE AMAR BAHIA ALMEIDA 1 00:36:17 00:03:29 11,00 SALVADOR.../BA 
3º 802 ERIVALDO DOS SANTOS 1 00:39:51 00:07:02 10,00 SALVADOR.../BA PODIUM 
4º 799 JARID FIGUEIREDO BRANDAO 1 00:40:43 00:07:54 10,00 SALVADOR.../BA 
5º 800 MARINALDO SOARES DE BRITO 1 00:42:59 00:10:11 9,00 SALVADOR.../BA GRUPO DEZ 
6º 803 JOSÉ AMÂNCIO NETO 1 00:43:14 00:10:25 9,00 SALVADOR.../BA FREE RUNNER

Após a chegada, novo encontro com amigos. 
Amigo Élvio, de Feira de Santana
 Élvio, Roberto e ...., amigos de Feira de Santana
 Ultramaratonista Jefferson Pataro
78ª medalha






Recebendo o carinho da "mulherada" da Triplaforma! Show!
Larissa, Gerson, Vânia... e Lu Bastos
 Vencedor da categoria 80 anos acima, campeão José Barros Amorim.
 Vencedor da categoria 75/79 anos, Jaime Ribeiro
 Vencedor da categoria 70/74 anos, Carlos Alberto.
 Viagem de volta, no contra-fluxo



 Show de capoeira

 Belas baianas
 Boneco de Caymi
 Filhos de Gandhi
 Estátua

 Filhos de Gandhi
 Brioso Corpo de Bombeiros.


 Amigo Moacir Neri, se abastecendo
 Medalha e cerveja!
 Imagem do Senhor do Bonfim, conduzindo por fiéis


 Casal amigo: Jacinto Carlos e Cristiane Silveira
Proprietária da barraca da feijoada! Uma simpatia!
Saboreando uma gostosa feijoada, juntamente com o amigo Jacinto
Missão cumprida!

Até breve......